Gosto do meu bigode

IMG_20160809_114847

esse é o meu bigode!

Desde criança, desenvolvia meu talento natural, ser um bom observador de pessoas, diversidade das coisas me chamavam a atenção, intrinsecamente  a questão do “diferente” adorava ver filmes de faroeste italiano, deparava com aquele imenso delineado pelo facial em seus rostos, o fascínio de ver alguma pessoa na rua usando bigode era imenso, pensava que quando crescesse iria ter um bigode para ser aceito pelos homens, iria aumentar minha virilidade, me torna mais homem por assim dizer…

Uma pequena síntese sobre a história do bigode no mundo ocidental 

Pelo menos quando falamos sobre moda, o bigode teve seu destaque por volta do século XIV, cavaleiros medievais ingleses adoravam esbanjar seus bigodes depois de alguma batalha, Rei James Primeiro e Rei Charles Primeiro, demonstravam toda sua elegância com suntuosos bigodes, muita ostentação na era medieval. Porém, essa moda fora decaindo ao longo dos séculos, o declínio massivo se desenrola no séc.XIX, disseram que nos bigodes encontravam-se muitas bactérias e germes, os homens que se internavam no hospital, tinha que tirar completamente o bigode, foi uma era tempestuosa para os bigodudos.

A moda de bigode por volta de 1920 cresceu bastante quando começa a ser inserida em personagens de livros, e filmes, mas fica nessa montanha russa, por umas décadas se populariza e outras nem tanto, de qualquer forma ela se manteve firme pela história do homem ocidental, hoje temos concursos nos EUA para os bigodeiros, vários livros sobre bigodes.

O que eu já ouvi e percebi de pessoas na rua sobre o meu bigode

Felizmente nunca passei por algum momento embaraçoso, geralmente as pessoas me olham na rua, talvez por que a maioria dos homens não curtem usar, então eles/elas percebem algo diferente, as vezes olhares de desaprovação, outros ficam curiosos, olham estranhamente para você, nessa hora penso que está subindo um balãozinho na cabeça dizendo, what a freaky! que cara esquisito!

Houve momentos em algumas festas que me chamaram de Mario Bros,  ei! você parece o Fred Mercury! (pessoalmente fiquei lisonjeado) andando com meu amigo, num bloco de carnaval uma moça me para e solta o seguinte dizeres: nossa seu bigode é realmente lindo, seguido de um belo sorriso assimétrico, eu apenas disse “obrigado”(muito tímido) não sei lidar muito bem com esses momentos quando não estamos preparado, mas internamente fez muito bem para o ego e detalhe, a moça não estava bêbada.

Essa talvez seja a melhor de todas, tinha marcado um encontro com uma garota, saímos, fomos para o bar, conversa vai e conversa vem, ela olhava estranhamente para o meu bigode, até que não me contive e falei, há alguma coisa em meu rosto que esteja te incomodando? ela trinca os dentes por alguns segundos e solta: você com esse bigode te deixa muito socialista, em certo tom de desaprovação… retruquei sorrindo e disse, bom.. não há nada que eu possa fazer ou mudar no meu rosto, adoro ele assim e vai continuar comigo até de baixo da terra, acho que ela não gostou muito da minha resposta.

Por que cultivo meu bigode?

Diferente das minhas ideias de quando era criança, hoje adoro usar meu bigode por que simplesmente combina com meu rosto, posso chamar de estilo no qual tento cultivar, as vezes deixo as pontas longas e faço pequenas curvas delineadas, querendo parecer com algum artista do renascimento, outra hora eu corto as pontas e fico parecendo um soldado da segunda guerra mundial, talvez eu leia demais, ou sinto que essa sociedade é tão preconceituosa que vivo pensando em outros tempos. Tento abraçar a vivência de hoje com outras épocas.

Acredito que existem homens (e não são poucos) que adorariam cultivar o seu bigode, mas não usam por simples medo de serem tachados pela sociedade, isso inclui até os amiguinhos idiotas, eu digo para todos: sejam livres! cultivem e contemplem seus bigodes!

 

 

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s