Correr e andar por ai…

IMG_20160812_171318

Quando havia de resolver alguma coisa meu pai, na maioria das vezes gostava de andar pela cidade, se era ao dentista, padaria, comércio local, íamos andando, mesmo se fosse na outra ponta do bairro, com andar rápido de quem vai perder o horário, ficava sempre atrás dele, ouvia minha respiração ofegante, mas nunca parava e pedia para acelerar o passo… cortar o cabelo, tirar foto 3×4, mercado, sempre atrás dele quando criança, pensava que seu objetivo oculto era para me fazer perder alguns kgs.. até os meus 28 anos era gordinho, havia momentos que achava pura maldade, cruel e frio de sua parte, mas hoje não, meu pai está por ai andando em algum lugar…

Andar e correr fazem parte do meu dia dia, por muitos motivos que vão além da saúde, mas houve um momento que estava muito, muito ruim fisicamente e psicologicamente, nunca fui uma pessoa de usar drogas, mas estava deixando de viver a vida, me alimentando porcamente, construir um reino de açúcar e gordura que aumentava gradativamente em meu ser interior, era inexistente vontade de parar, pelo contrário, havia vontade de sobra pela insaciedade de alimentar meu reino parasita que apenas crescia. Em determinada ocasião meu corpo deu sinal vermelho, foi como um raio invisível atravessando todas as minhas partículas e moléculas, acertando em cheio meu coração, fui levado para o pronto socorro, ao ser atendido pelo médico, tinha dito que ainda poderia viver por longos anos se dedicasse algumas horas da semana ao meu corpo de forma positiva e assim o fiz.

Não foi fácil, meu pé doía, sentia os ossos gritarem por dentro, minha respiração era fraca e sem jeito, meu pulmão se esforçava enquanto dava míseros passo a fim de viver por mais algumas décadas. Olhava para o sol da tarde, escaldante em minha pele, mas não desistia, por qualquer julgamento a minha pessoa, por qualquer olhar preconceituoso das almas obstruídas pela ignorância, eu continuei.

A dor deixou der incomodo, passou a ser motivação, meu corpo se movia como a água de um  pequeno rio, fluía sem interrupções.

Andar e correr por ai, é um processo que desencadeia minhas ideias, meu ser se expande, sentir o suor na testa, meu coração batendo rápido,  a bela vista a minha frente, se torna tudo tão livre, tão espontâneo a ponto de não querer parar, mas quando minhas pernas iniciam o movimento mais calmo e silencioso, sinto meu corpo calmo e sereno, nesse momento faço invariáveis reflexões, sobre o que posso mudar e mim, sobre esse momento que vivo, que quero viver mais com as pessoas que amo, me dedicar a dar alguma compaixão as pessoas que conheço e que um dia irei conhecer, correr e andar alimenta minha alma.

Me arrepio, quando enxergo aquele entardecer com esboços coloridos entre o sol as pequenas nuvens, com um fundo em degradê do fim de uma tarde carregado de coisas boas, a noite está por vir… e será muito bem vinda.  

 

 

Anúncios

Um comentário em “Correr e andar por ai…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s